quarta-feira, 13 de junho de 2012

Coluna Crônica Jornal de Caçapava: O tesouro enterrado.




(Jornal de Caçapava, 08 de junho de 2012.)

     Em Arapeí, é só andar um pouco pelas ruas que já se ouve este caso. Diz o povo à boca miúda, baixinho, que na fazenda Monte Alegre havia um tesouro enterrado. E sempre tem um destemido em busca da fácil fortuna, mas essa, pelo jeito, não tinha nada de fácil.

     Uma turma de homens da cidade resolveu enfrentar a empreitada e saíram na calada da noite para procurar o tesouro. Descobrindo o exato lugar, começaram a cavar e, de repente, começaram a apanhar, tomaram uma surra sem precedente em suas vidas, apanhavam, mas não conseguiam ver quem batia. Correram apavorados do lugar e devem nunca mais ter passado por perto. Há quem diga que apanharam do fantasma do escravo que tomava conta do tesouro. É sabido que, quando os antigos barões do café e fazendeiros da região enterravam algum tesouro, colocavam um escravo para cavar, enterrar e depois o matavam e o enterravam junto ao tesouro para que ninguém ficasse sabendo o local do segredo.

     Em se tratando de tesouros, há ainda muito o que descobrir e contar neste Vale do rio Paraíba do Sul.

Sônia Gabriel


2 comentários:

Mendonça Costa disse...

Se alguém tiver alguma dica do local estou disposto a procurar junto, obs: tenho equipamento para busca.
joaquim.mateus@hotmail.com

Mistérios do Vale disse...

Que ótimo, Mendonça! caso ache, divide com agente... Paz e bem!